Reflexões, por Amelia Fernandes

Fico refletindo sobre como as descobertas e novas ideias demoram para ser assimiladas e incorporadas no raciocínio da maioria das pessoas e me sinto incluída nesta morosidade.

Temos inúmeros trabalhos sérios, cientificamente comprovados, da existência no Universo de outras Galáxias. Na verdade, ainda não alcançamos a sua real dimensão.

O pensamento da infinitude me acompanha desde muito cedo na vida.

Li um livro aos 10 anos “Os grandes mistérios da Humanidade”, que me descortinou uma nova visão do Universo e uma nova forma de pensar, ‘Fora da caixinha”.


Hoje sabemos, através da física quântica, sobre as dobras espaciais, o conceito da atemporalidade e já temos provas contundentes de vida extraterrestre.

Reflito também no raciocínio dos grandes descobridores do século XV, a imaginar se o planeta seria redondo ou quadrado, se existiriam terras que não podiam enxergar, enfim uma inquietação e curiosidade que, somados a inteligências privilegiadas, chegaram a grandes descobertas que impulsionaram o avanço do conhecimento. Estes descobridores foram a vanguarda das descobertas, apesar dos estragos feitos na população e civilizações antigas, das Américas. O preço foi salgado!

A cada dia que passa leio mais e mais artigos, vejo fotos de pesquisadores muito sérios de grandes e renomadas instituições, vídeos da BBC e outros canais de idoneidade irrefutáveis apontando para outras civilizações extremamente avançadas em outras galáxias.

Cito algumas, que já habitaram o Planeta Terra, tais como: os Atlantes, Egípcios, Maias, Astecas, Incas, kaunas, Essênios e tantos outros.

Como explicar os conhecimentos que tinham na época, que possibilitou há milênios, a construção, tanto de uma sociedade ricamente organizada, quanto de construções sofisticadas senão com a ajuda de civilizações mais avançadas extraterrestres?

Fica tão claro e cristalino, tão óbvio que nos cega!

Platão asseverou estas verdades, mas porque estamos tão surdos?

“Não há nada bom nem mau a não ser estas duas coisas: a sabedoria que é um bem e a ignorância que é um mal” (Platão)

Por que a humanidade ficou embotada?

Porque a cultura do domínio pelo medo nos é imposta hoje em dia?

Evidente que poderes estabelecidos, para escravizar a humanidade, de forma implícita, escondeu, modificou, ridicularizou e criou paradigmas falsos.

Noto que hoje estes fatos ou mistérios estão sendo colocados às claras e sendo divulgados.

Creio que a Revolução Digital acelerou a divulgação de inúmeras informações e não há mais como esconder as realidades “ocultas”.

Vivemos momentos desafiadores, tempos vorazes, mas muito interessantes. Gostaria de viver ainda um tempo para poder ser testemunha ocular da Interconectividade Galáctica.

Que venham nos resgatar desta civilização tão contrastante do Planeta Terra. Continentes milionários e outros apodrecendo. Direitos Humanos para uns e quase nada para outros. O submundo cresce de forma assustadora, não só, em relação aos crimes de toda sorte, mas também um avanço da pobreza, revoltantes.

Anseio por um novo despertar da Humanidade, anseio por novos paradigmas, mais dignos de nossa existência, para que possamos honrar a Obra máxima do Criador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *