Dicas para uso da Internet, por Amelia Fernandes

Estou aqui usando a Internet através das Redes Sociais…

Fiquei com vontade de dar algumas dicas para que este uso seja produtivo e inteligente e não afete sua saúde física, mental e social.

Como assim?

Saúde física

Atenção na cadeira e na altura do monitor. Os olhos nunca devem estar totalmente abertos olhando o monitor. Deixar numa posição em que olhe ligeiramente para baixo. As pernas devem ficar em ângulo reto e os antebraços e pulsos devem ficar apoiados ao digitar.

Ficar digitando sem parar no celular com o pescoço curvado dá o que se denominou “ síndrome do pescoço caído”

Temos também entra o fascínio que a telinha nos traz…computador/laptop/Tablet e celular, quantos “plins” e quantas vezes olhamos para a telinha, muitas vezes com grande ansiedade.

Uma amiga me falou certa vez que se sentia desprestigiada quando não recebia e-mails e likes nas suas postagens.

A Internet pode ser a melhor e a pior ferramenta do mundo. Isto só depende de nós.

Cria dependência e já tem doenças identificadas oriundas do excesso de uso da Internet como depressão e síndrome de abstinência, semelhante aos dependentes de drogas.

Isto é o Stress Digital. O mal dos nossos tempos.

“Somos bombardeados de novidades e de pressões para usar a internet o tempo todo. Já chegamos em um nível em que um mundo sem internet parece impossível. Mas o problema é quando a falta da web passa a gerar sofrimento intenso”, afirma o médico Hewdy Lobo, psiquiatra do Hospital Lacan.

Quero hoje falar-lhes de Navegação Segura, que pode parecer não ter sintonia com o CONSINT, mas se cairmos em armadilhas na Web, podemos ter problemas de ordem financeira, moral e de imagem social.

Hoje em dia é sempre bom ter em lugar seguro as nossas senhas anotadas, pois além de serem mais sofisticadas, com letras maiúsculas e minúsculas e números ainda nos recomendam sinais e também que as troquemos regularmente.

Este é uma ação trabalhosa, mas que pode evitar dissabores como a entrada de vírus, saques nas suas contas, compras com seu cartão de crédito e acesso aos seus dados pessoais.

Na Web encontramos tantos perigos quanto no mundo real, só que no mundo virtual ainda não os conhecemos bem.

Nas redes sociais que no início eram espaços onde poderíamos colocar nossas opiniões livremente, hoje já não é bem assim. A maioria das empresas rastreiam seus candidatos a cargos antes de contratá-los. Portanto se você está ativo no mercado proteja sua imagem. Não se trata aqui de censura e sim de equilíbrio nas postagens.

Evitem calunias, discriminação, falsa identidade, pirataria, perseguições…Uma boa dica é não escrevam nada num momento de raiva e forte emoção.

Não deixe ninguém o fotografar em situações intimas ou ridículas porque uma vez na Net difícil retirar.

Isto sem falar do Lixo Eletrônico, mas isto fica para outra dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *