GENGIBRE – ANTI-INFLAMATÓRIO NATURAL, Por Amélia Fernandes

Durante séculos o Gengibre tem sido usado em toda a Ásia para tratar dores nas articulações, resfriados e até mesmo indigestão.

O Gengibre cru ou cozido pode ser um analgésico eficaz, ele contém 12 compostos diferentes que combatem condições inflamatórias. Um desses compostos abaixa os receptores da dor e atua nas terminações nervosas e Juntos, eles trabalham quase o mesmo que as drogas anti-inflamatórias, mas sem efeitos colaterais.

Segue algumas dicas para você ter uma boa dose diária de gengibre que vai estimular a circulação sanguínea e aliviar dores nas articulações.

Chá de gengibre, por Dr. Al Sears.

Quatro copos de água;
Um pedaço de aproximadamente 5 cm de Gengibre descascado e cortado em fatias; *
Limão e mel a gosto. Se preferir, use laranja no lugar do limão, fica ótimo!
Procedimento:

Ferva a água numa panela com fogo alto.

Assim que começar a fervura adicione as fatias de Gengibre, deixe em fogo baixo, cubra a panela para que os vapores não saiam e deixe fervendo por aproximadamente 15 minutos.

O chá está pronto!

Basta coar e adicionar o mel com o limão ou laranja.

SAL GROSSO, Por Amélia Fernandes

Dica para eliminar energias negativas com sal grosso.

O sal grosso é um elemento negativo da natureza e como tal atrai energias semelhantes.

Quando sentir o corpo cansado demais, estiver se sentindo doente ou desconfiar que colocaram “ olho gordo” em você, seguem algumas dicas:

– Na hora de dormir, colocar debaixo ou ao lado da cama um copo com 100 ml de água e três colheres de sopa de sal grosso. Deixe a noite toda, e no outro dia jogue no vaso sanitário e dê uma boa descarga, este vale como a famosa água corrente. Com a mistura lá se vão todas as energias negativas.
– O costume de tomar banho e jogar ao final água com sal grosso no corpo também está valendo. Mas atenção o sal grosso limpa as energias do corpo, que fica limpo e vulnerável. O ideal é após jogar o sal grosso, secar o corpo e passar uma essência perfumada, lavanda ou rosas são excelentes. Assim seu corpo fica protegido com uma energia positiva.

É impressionante o resultado!

O BAMBU, Por Amélia Fernandes

Reflexão bastante oportuna sobre o bambu, do livro “ Buscando as Coisas do alto”.

O bambu verga, mas não quebra.

Eu mesma sempre avaliei que isto ocorria por conta de suas raízes profundas, que só depois de crescerem para dentro faziam o bambu brotar para fora e por sua flexibilidade.

Mas neste livro podemos acrescentar alguns motivos pelos quais o bambu resiste tanto ás intempéries.

O bambu cresce sempre no meio de muitos, crescem junto com ele e estão sempre lado a lado, como uma família.

Ele não tem galhos, sendo assim não perde energia precisando protegê-los. Pode crescer suavemente.

O bambu é oco e tem espaço e liberdade para ser preenchida, uma bela lição de desapego.

Finalmente o bambu só cresce para o alto, na busca de sua meta!

TIMO: A GLÂNDULA DA ENERGIA VITAL, Por Amélia Fernandes

Encontra-se no meio do peito, uma pequena glândula chamada timo. Em grego, thýmos, significa energia vital.

O timo ainda não é totalmente conhecido, ele cresce quando estamos contentes, encolhe pela metade quando estressamos e mais ainda quando adoecemos.

Essa característica mascarou por muito tempo os estudiosos, que supunham que na adolescência o timo atrofiava e parava de trabalhar.

Porém, pesquisas científicas constataram que o timo continua ativo, tem parte ativa no sistema imunológico e ao menor ataque de micróbios, produz imediatamente células de defesa.

O timo também é muito sensível às percepções sensitivas, pensamentos e sentimentos o afetam diretamente, em especial, pensamentos e sentimentos positivos que o ativam em todos os poderes.

Para exercitar o timo e aumentar sua produção de bem estar e felicidade, pela manhã, ao levantar, ou à noite, antes de dormir,
fique em pé, com os joelhos levemente dobrados e os pés na mesma distância dos ombros.

Incline levemente o tronco para frente e permaneça relaxado.

Faça movimentos ritmados com as pontas dos dedos das mãos no centro do peito. Uma batida forte e duas fracas.

Respire com tranquilidade e continue por alguns minutos.

O exercício desperta a glândula trazendo-lhe energia vital e aumentando assim sua imunidade e estado de felicidade.

Experimente!

ELIMINANDO A ENERGIA ESTÁTICA DO CORPO, Por Amélia Fernandes

Olá, Maria Amélia Fernandes, falando diretamente da Quinta Recanto do Sabiá, de propriedade do palestrante José Francisco Lopes.
Aqui vai uma dica breve, mas muito interessante, sobre como eliminar a energia estática do nosso corpo.
Dá uma olhada no video.. Até!

MUDE A LENTE DE SEUS ÓCULOS, Por Amélia Fernandes

Mude a lente de seus óculos, ou seja, procure enxergar as coisas e fatos com um olhar renovado.

Quando erramos, ao invés de focar no erro e nos lamentos, procure ver o fato de uma maneira positiva, uma oportunidade de aprender como não fazer. Desta forma, a vida transforma o erro em lição!

Construímos a cada lição a vida que desejamos. Nossa vida hoje é a soma de tudo que já vivemos, cada vez que transformamos um erro em lição, construímos com mais sabedoria e positividade nosso futuro. Nosso caminho ficará assim cada vez mais limpo, luminoso, largo e alegre.

Selecione atentamente seus pensamentos e a visão que tem de si próprio e aos poucos sua vida se transfomará numa chuva de bençãos.

Mude a lente de seus óculos e a felicidade lhe sorrirá, pois somos os construtores de nossas vidas.

Por Maria Amélia Fernandes.

QUALIDADES DAS CORES, Por Amélia Fernandes

Verde: representa inovação e expansão discretas, mas firme e forte. Cor que energiza e estabiliza, passa confiança às demais pessoas em sua volta. Cor da esmeralda, pedra dos anéis dos médicos, por isso também é ligada a cura.

Amarelo: cor do Sol, da riqueza e da prosperidade. Boa cor para ativar o mental e o raciocínio, a inteligência e o pensamento criativo das pessoas. O amarelo passa uma mensagem de luz, vida e alegria. Muito bom ter um citrino ao nosso lado quando estamos estudando e redigindo algo.

Vermelho: cor da energia de expansão, elevação e crescimento muito rápido, em todas as áreas da vida. Lembra o fogo que nos aquece e energiza, mas também pode nos queimar. Cor chamativa e alegre. Quem está sem energia ou ânimo, pode usar uma peça de roupa vermelha ou uma pedra, como o rubi ou qualquer outra pedra de cor avermelhada.

Laranja: uma cor que traz alegria, vitalidade, bem estar e apetite, ótima para ser usada nos ambientes em que se fazem as refeições. O laranja atrai bom humor para a vida das pessoas. Uma cor de luz e brilho. Ótimo para quem é tímido e fechado nas relações.

Marrom: cor que representa o elemento Terra. Quem usa marrom passa uma sensação de segurança, estabilidade e harmonia. Traduz seriedade e discrição. As pedras neste tom ajudam a trazer a pessoa para a terra e sair do mundo imaginário.

Branco: é a cor da paz, tranquilidade, limpeza, pureza, ternura, silêncio e serenidade. O branco é usado por profissionais da saúde por trazer estes atributos. Mas também é uma cor fria e impessoal. Deve ser usada com tons coloridos para quebrar sua frieza.

Preto: cor sóbria, fechada e misteriosa. A cor preta representa a energia em repouso, pronta para expandir a qualquer momento. O preto passa para quem usa uma sensação de pessoas discretas, sérias e poderosas. Não é recomendada para pessoas tristes e depressivas. As pedras pretas atraem a negatividade e sempre é bom tê-las conosco na bolsa, no carro ou no bolso para que possam nos proteger.

Azul: a cor pode representar o início de um novo ciclo, por isso as pessoas depressivas deveriam usar a pedra lápis–lazúli para harmonizar a mente e o espirito. É uma cor penetrante e maleável, principalmente nos tons escuros, como azul royal e petróleo. Cor que passa segurança e discrição.

Por Maria Amélia Fernandes.

TRABALHO VOLUNTÁRIO, Por Amélia Fernandes

Olá, amigo do Consint.
Como vai você? Espero que muito bem.
Aqui vai uma dica sobre Trabalho Voluntário, essencial na sociedade e engrandecedor em todos os sentidos.
Assista o video.

Até breve!
Maria Amélia Fernandes.